A Expressão Transmontana em Trusses.

5 Palavras que ouvimos em Trás-Os-Montes começadas por “G”.

Palavras-Tras-Os-Montes-comecadas-por-G
Uma pessoa, quanto mais escreve, mais aprende. Há palavras que estão tão enraizadas no nosso vocabulário, que nem damos conta que estamos a usá-las. E chegada a hora de escrever sobre o assunto, é preciso uma reflexão e investigação profunda para avivar a memória. Tu podes sair de Trás-Os-Montes, mas Trás-Os-Montes nunca sai de ti.

Nem as palavras que usamos. Então quando nos azucrinam a cabeça, vem tudo por aí fora. Principalmente aquela pronúncia especial. Por falar nisso, leram os artigos que sobre as restantes palavras?

Mas vamos falar sobre algumas palavras começadas por G, que ouvimos por terras transmontanas. Vamos lá!

Gitcho
Se na aldeia alguém te considerar guitcho, isso quer dizer que venceste na vida. Claro que originalmente seria apenas guicho, mas para dar mais emoção à coisa, em Trás-Os-Montes reforçamos as palavras.
Guitcho é aquela pessoa esperta, que sabe sempre a que porta bater. Guitcho é o puto que consegue escapar ao chinelo da mãe porque é habilidoso e sabe como culpar o irmão. Pessoa guitcha é pessoa vencedora. É a pessoa que tem batatas para arrancar e consegue reunir outros vinte para arrancarem por si, enquanto fica só lá às voltas dando ar de ocupada.

Guedelhas
Guedelhas e Repas. Ambas palavras muito bonitas para descrever uma das partes do corpo que o pessoal mais gosta de cuidar: o cabelo.
Mas guedelhas ou repas não são simplesmente cabelos. São aqueles cabelos irritantes, inconvenientes – Quem nunca ouviu a mãe dizer “Tira-me essas repas da frente dos olhos!”. Repas talvez seja mais usado para aquelas franjas grandes.
Guedelhas é mais geral, mas sinto que se refere mais precisamente àquele cabelo lateral comprido, que está ali só meter nojo. “Vê lá se cortas essas guedelhas”.

Galheta
Ou seja, levar uma estaladona ou uma cachaçada. Não seixa de ser curioso que é raro o artigo onde não haja uma palavra que fale em porrada.

Galdério
Alguém que é sandeiro e anda no fado, a toda a hora. Por exemplo, canalha galdéria, é canalha que anda até às tantas na rua, no rinchedo.

Gabela
Pode ser um monte de coisas. Uma gabela pode ser um monte de erva cortada. Por exemplo, uma gabela feno é o que se pode usar para alimentar a bicharada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Playlist no Spotify

Ouve agora

Luísa Apancada
Avisos

Blog que acredita no COVID19

Para tua segurança e dos outros, por favor, usa máscara, camarada.